Compartilhar

Balanço de Guadalajara

Balanço de Guadalajara

Editores brasileiros que embarcaram para a Feira do Livro de Guadalajara esperam movimentar US$ 314 mil em exportações de livros e em vendas de direitos autorais nos próximos 12 meses

 

Entre os dias 25 de novembro e 3 de dezembro, o mundo “hispanohablante” se reuniu no México para mais uma edição da Feira do Livro de Guadalajara (FIL Guadalajara), um dos principais palcos de negócios do setor no mundo. E para lá embarcaram 14 editores brasileiros interessados em vender não só direitos autorais, mas também livros físicos. Segundo o Brazilian Publishers (BP), projeto setorial resultado da parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), esses 14 editores participaram de 228 reuniões e um matchmaking com 15 editoras da Argentina, Chile, Colômbia, Espanha e México.

Matchmaking reuniu editores brasileiros e de países de língua espanhola | © Divulgação / BP

Como resultado, o BP estima que os editores brasileiros devem movimentar US$ 314 mil em exportações fechadas durante o evento e previstas para os próximos 12 meses. Essa cifra é US$ 14 mil maior do que a apurada no ano passado.

O Brasil também foi representado por Isabel Coelho da editora FTD, no FIL Rights Exchange, programa de bolsa de estudos que promove o mercado de direitos na América Latina e cria novas oportunidades de mercado entre editores e acadêmicos. “A experiência foi rica e proveitosa, cultural e profissionalmente. Estávamos em um grupo de 10 editores de várias partes do mundo (Portugal, Itália, Líbano, Turquia, Suécia, Noruega, Ucrânia, Canadá e Inglaterra). Ao longo de seis dias, percorremos a feira visitando editoras grandes e pequenas do mercado Latino Americano, sendo recebidos pelos próprios editores e, muitas vezes, pelos fundadores das casas. Isso nos deu um panorama muito completo do mercado editorial Latino Americano, em sua diversidade, estratégias comerciais e preocupações culturais. Também tivemos oportunidade de mostrar o nosso trabalho como representante das casas editorias em que trabalhamos para os profissionais da área. Além disso, a feira nos proporcionou um rico contato com os principais envolvidos na feira e no mercado como um todo. Voltei muito satisfeita com as possibilidades de negócios e networking”, contou Isabel.

Além dos editores, 13 autores brasileiros embarcaram para Guadalajara para participarem do projeto Destinação Brasil. Resultado da colaboração entre a FIL Guadalajara, a Fundação Biblioteca Nacional (FBN), os ministérios da Cultura e das Relações Exteriores do Brasil, a Embaixada do Brasil no México, a CBL e o BP, o projeto tem como objetivo promover a imersão dos leitores latinos nas letras brasileiras, por meio de mesas com importantes nomes de nossa literatura.

 

PUBLISHNEWS, REDAÇÃO, 12/12/2017

voltar